Depois da Copa

Depois da Copa do Mundo de Futebol, os brasileiros se preparam para novos eventos. As Olimpíadas de 2016 começam a mobilizar autoridades e a estimular as expectativas da população, não só do Rio de janeiro, mas de todo o Brasil. Principalmente depois e que as expectativas negativas não se confirmaram e o País foi bem avaliado pelos visitantes que aqui estiveram.


No Rio, 886 turistas visitaram a cidade durante a Copa. Destaque para o grande número de argentinos, chilenos e outros sul-americanos que vieram prestigiar suas equipes. As ruas do Centro da Cidade e de Copacabana ‘falavam’ idiomas diversos. Segundo dados econômicos, os gastos de estrangeiros subiram 76% durante o mês de junho.


Para o próximo grande evento, os preparativos já começaram. Os cursos de especialização direcionados a taxistas precisam preparar ainda mais a categoria para receber esses turistas. Certamente, o número será bem maior. Outros esportes se juntarão ao futebol em busca das medalhas de ouro.


Foi uma festa, e muito lucrativa para alguns setores. Mas os longos feriados e paralisações provocaram uma estagnação econômica. Ao final de julho, algumas empresas ainda reclamavam da falta e movimento. Taxistas têm prejuízos em feriadões, já que boa parte da população se retira da cidade, que em certos pontos fica deserta.


Depois do ‘amortecimento’ das atividades industriais e comerciais, o Estado retorna aos poucos à vida. O desafio nesta reta final de 2014 é superar as expectativas de inflação alta e juros elevados. A solução é trabalharmos ainda mais. Assim, conseguiremos esquecer a goleada de sete a um sofrida por nossa Seleção no principal torneio de futebol do mundo.

Visitantes online

Temos 34 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital