Sobre o otimismo, solidariedade e esperança na humanidade

Como têm aumentado as notícias ruins! São casos e mais casos de desvios de verbas públicas, corrupção, e como consequência pessoas sofrendo por falta de atendimento médico, sem casa, sem assistência, sob risco e sem perspectivas. Então, quando temos uma notícia boa achamos que ela não deve ser compartilhada, simplesmente porque não é o tipo de assunto que estamos acostumados.


Nessa edição da Folha do Motorista falamos sobre um grupo de taxistas que resolveu se mobilizar para tornar a vida de outras pessoas um pouco melhor. Eles já distribuíram brinquedos, cestas básicas e agora, com um dinheiro arrecadado no ano passado, foram ao supermercado, compraram leite e outros alimentos e levaram em uma associação que cuida de pessoas com problemas graves de saúde. Esse tipo de notícia deveria ser rotineira.


Sabemos que a vida financeira está complicada em razão da crise, mas se você tem uma família abençoada, uma fonte de renda, pão na sua mesa e até mesmo momentos de lazer, você é muito privilegiado. Que tal fazer algo diferente, como usar uma hora por semana para ajudar quem precisa?


Nosso mundo está precisando de mais ações de amor. E não é necessário ter dinheiro para distribuir carinho, amizade, gentileza, educação e cidadania. Se por um dia nós deixarmos o lado negro do mundo de lado e pensássemos apenas coisas positivas, nossas ações refletiriam o que está no nosso coração.


Vivemos em um país onde as autoridades, que deveriam proporcionar uma vida digna a seus cidadãos, estão envolvidas em escândalos e perderam a credibilidade. Apesar disso, nós somos um povo de boa índole, e vez por outra sabemos de belos exemplos como esses dos taxistas solidários. Já que imitamos tantas coisas que não convém, que tal seguirmos esse exemplo bom, de acordo com nossas possibilidades, e levar um pouco de luz para esse mundo sombrio? O que você irá fazer pode ser pouco, mas fará diferença.
  

Visitantes online

Temos 41 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital