Mudança em tarifa é diminuição de salário para os taxistas

O anúncio da Prefeitura que equiparou todas as tarifas de táxi para o mesmo valor do cobrado pelos táxis comuns irá prejudicar toda a categoria. Os taxistas das categorias Luxo e Preto, que contam com carros luxuosos e novos, serão os mais afetados já que terão suas tarifas reduzidas.


Os taxistas vêm sofrendo perdas desde a administração passada. Nunca uma tarifa de táxi foi reajustada levando em conta a inflação de todo o período, como acontece com as demais profissões. Enquanto isso, os gastos com combustível, manutenção do carro e custo de vida aumentaram, tirando do taxista o seu poder de compra.


É claro que estamos passando por momentos difíceis na economia, e que a concorrência desleal com os carros particulares fez com que fosse necessária uma readequação na praça. Porém, imagine se todas as profissões passassem por uma diminuição drástica de salários: professores, médicos, bancários, padeiros... aí sim a economia iria à ruína.


Sem consumo o Brasil para. E tudo se torna um círculo vicioso quando pensamos que a indústria não irá produzir se não vender, e irá demitir, e o desempregado não irá consumir, e assim sucessivamente. Ao invés de criar alternativas para restaurar a dignidade dos taxistas, acabando com os carros particulares que fazem concorrência predatória, a Prefeitura de São Paulo optou por colocar a conta da tragédia nas mãos dos taxistas.


Nunca antes na história desse país o poder público contribuiu tanto para que uma categoria de trabalhadores passasse por problemas. Apoiar aplicativos estrangeiros, que desembarcaram em nosso país com a única função de extinguir uma categoria enquanto explora desempregados sem opções: isso é o que a Prefeitura vem fazendo.


Mais uma vez batemos na mesma tecla: nossa esperança está nas próximas eleições municipais, onde os cidadãos de bem terão a chance de extinguir com toda uma corja de políticos que não cuidam do povo, e pensam apenas em seus próprios interesses. Pelo seu bem, pelo bem de seus companheiros de trabalho, de suas famílias e de todo o país, pense bem antes de votar. Isso nunca foi tão sério como agora.

Visitantes online

Temos 57 visitantes e Nenhum membro online