Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Taxistas criam ponto de embarque no Sambódromo

População faz fila e adere aos serviços legalizados. Ideia será repetida no Rock in Rio

Taxistas cariocasTaxistas cariocas fecharam o cerco contra a pirataria, pelo menos nas proximidades do Sambódromo. Na Rua Marques de Pombal, esquina com Rua Frei Caneca, diversos foliões fizeram fila para embarcar em um táxi legalizado.

 

O ponto foi organizado pelo Sindicato, em conjunto com o grupo Todos Ao Sindicato. O objetivo foi combater a pirataria e criar um ponto para qualquer taxista legalizado pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

Carlos Alberto, o “Jacaré”, agradeceu aos integrantes do Poder Público pela confiança e apoio dado aos taxistas: “Agradecemos ao coronel Amêndoa, aos representantes da SMTR Fábio Pêcego, Dra. Kelly, aos representantes da Guarda Municipal coronel Teixeira e a Tatiane. Graças a confiança que eles depositam nos taxistas legalizados foi possível fazermos um bom trabalho”, disse o diretor. Jacaré disse que o sucesso da iniciativa foi tão grande que será repetida em setembro, no Rock in Rio: “E desta vez não vamos ser colocados há dois quilômetros do evento.

Vamos ficar mais perto”, disse. Taxistas apoiam O taxista Carlos Soares, que é delegado sindical participou da iniciativa. Segundo Carlinhos, a categoria abraçou a ideia. “É preciso destacar que a população também correspondeu e procurou o táxi legalizado. Isso foi maravilhoso. Formaram-se filas que foram sendo absorvidas gradativamente. Todos entenderam que deveriam se posicionar ali e aguardar o tempo necessário”. Segundo os cálculos de Carlinhos, cerca de 3500 táxis foram atendidos pelo ponto. “A demanda foi muito grande durante toda madrugada. Tem um relato inclusive de companheiros que chegaram a fazer até sete corridas em uma madrugada”.

A criação do ponto contou com a ajuda da Secretaria Municipal de Transportes. Não houve qualquer irregularidade. “Recebemos elogios da população. O trabalho deu certo e vai continuar sendo realizado. Estamos com canal aberto com a Secretaria e a Prefeitura, bem como com a Coordenadoria Geral da SMTR e as demais autarquias. Portanto, em todas as programações de grande porte na cidade estaremos presentes e vamos organizar o embarque dos passageiros”, concluiu.