Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Prefeitura carioca exporta sistema taxi.rio para São Paulo

Crivella e Dória firmam acordo de cooperação e sistema carioca será implantado em São Paulo.

 

O aplicativo Taxi.Rio, da prefeitura carioca, será exportado para são Paulo. Marcelo Crivella e João Dória assinaram termo de cooperação para a adoção do aplicativo desenvolvido pela Empresa Municipal de Informática (IPLANRIO) com data prevista de implantação para a primeira semana de novembro no Rio. A prefeitura carioca divulgou que  6.700 taxistas já foram cadastrados e outros três mil estão em processo de cadastramento. Para Crivella, é a única maneira de limitar o número de veículos ligados ao Uber: “E por isso nós criamos o Taxi.Rio, um aplicativo para todo taxista e que eles não vão pagar um tostão.

Todo aplicativo tem que pagar e nessa não paga. Já tem dez mil taxistas inscritos e vão ser georreferenciados. Eles vão ter prioridade em grandes eventos como o Rock in Rio e o carnaval, por exemplo, e em locais como  aeroportos. Eu tenho certeza que o taxista vai se dar bem com esse aplicativo da Prefeitura”, afirma Crivella.

O aplicativo Taxi.Rio poderá ser baixado em smartphones. A plataforma é uma ferramenta de comunicação instantânea e promove a integração entre taxistas, cidadãos e a Prefeitura. Será possível prever o preço da corrida e negociar descontos. Outra vantagem é a possibilidade de se calcular o tempo da viagem e acompanhar o trajeto do taxista até o ponto de embarque. O usuário também poderá avaliar o motorista e se sentirá seguro, uma vez que todos os taxistas serão cadastrados.

 

São Paulo Adota

A ideia chegou à capital paulista. O secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, explica que com o novo sistema o taxista poderá captar corridas a um custo inferior aos praticados por aplicativos no mercado:

“O Táxi SP oferece ao usuário a garantia que o taxista está cadastrado no sistema da Prefeitura, oferecendo mais segurança. Além disso, o aplicativo permite um controle maior da qualidade do serviço, segurança quanto aos valores cobrados, evitando abusos, e a previsão do preço da corrida antes do início da viagem”, explicou.

Assim como no Rio, em São Paulo os taxistas também poderão contribuir com a gestão da cidade, informando, por meio do aplicativo, os problemas encontrados pelo trajeto, como buracos, lixo, etc.

“O Táxi SP é o primeiro dos programas de cooperação entre São Paulo e Rio de Janeiro. Foi totalmente desenvolvido e implantado com sucesso lá. Quando avaliei os indicadores do programa, achei interessante aplicá-lo aqui na cidade”, afirmou o prefeito João Doria. O sistema permitirá pagamentos em dinheiro,  cartões de crédito e de débito. Outra inovação que poderá ser obtida pelo aplicativo é a possibilidade de o taxista ter a opção de escolher o percentual de desconto que deseja oferecer, dentre algumas opções de percentuais. O Táxi SP será gerenciado pela Secretaria Municipal de Transportes e pela Prodam. Quando concluído, a SMT publicará as normas para o cadastro dos taxistas. A exigência do cadastro para a utilização do aplicativo visa garantir a qualidade e a segurança do serviço que será prestado pelo app.

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 188 visitantes e Nenhum membro online