Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Vereadores de Niterói reivindicam segurança ao governo do Estado

Parlamentares acusam Beltrame de olhar apenas para a capital fluminense

        

Taxistas de Niterói convivem com a violência no município classificado como o de melhor qualidade de vida do Estado. Os vereadores da antiga capital fluminense pretendem agendar audiência com o secretário estadual de Segurança Pública,  José Mariano Beltrame, para cobrar a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), prometida há dois anos, além de reclamar da falta de atenção para os demais municípios do Rio de Janeiro.

        

“Será importante trazê-lo a Niterói para que um novo planejamento operacional seja definido. Temos ciência do baixo efetivo do 12º Batalhão, das carências enfrentadas pelo comandante, da área de abrangência do patrulhamento ostensivo, que se estende ao município de Maricá, mas algo precisa ser feito com urgência”, disse o vereador Renato Cariello (PDT).

        

O vereador também é autor da indicação 1.874, solicitando que os policiais militares que estagiarem no 12º BPM, passem a integrar o efetivo do Batalhão. O presidente da Câmara, Paulo Bagueira (PPS), também pretende promover uma reunião entre o conjunto de vereadores com o tenente-coronel André Luiz Belloni, comandante do 12º BPM.

        

“Há 2 anos se fala em implantação de UPP em Niterói, e até agora nada. Não é possível que mais pessoas tenham que perder suas vidas para que o governo do estado olhe por Niterói. Para mim, parece que Niterói foi esquecida pelo secretário de segurança, que pensa a segurança pública apenas para o município do Rio, e abandona a própria sorte as demais cidades do Estado. Não adianta, a meu ver, apenas o remanejamento de mais 100 homens para o 12º Batalhão de Polícia, pois no esquema de escalas da polícia, esses 100 homens acabam representam apenas 10, 15 policiais a mais por dia. Niterói precisa de um planejamento de segurança. O secretário de segurança do estado tem que parar de fazer o papel de secretário do município do Rio e tem que começar a olhar e dar atenção as outras cidades do Rio de Janeiro”, disse o Presidente da Câmara, Paulo Bagueira em seu pronunciamento.

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 36 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital