Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Criminoso especializado em assaltar taxistas é preso

778assaltoPolícia pede que vítimas compareçam para fazer reconhecimento

 

O taxista Antonio Carlos Romão, na praça há 28 anos, nunca havia sido assaltado até o último dia 27 de outubro, quando atendeu um passageiro que solicitou uma corrida em seu ponto, localizado em um hotel de São Paulo. Muito simpático, o suposto passageiro conversou tranquilamente com o taxista até chegar a Guarulhos, onde anunciou o assalto armado com uma faca.
“Ele estava bem vestido, e quando encostei o carro em frente ao hotel o vi saindo lá de dentro. Não desconfiei de nada, e ele me solicitou uma corrida para a Avenida Humberto Castelo Branco, em Guarulhos”, afirmou a vítima. Ao chegar ao local o assaltante pediu que o taxista entrasse em uma rua pequena, e mostrou a faca para anunciar o roubo.
Antonio Carlos não reagiu e entregou a carteira, o celular e o dinheiro que estava em seu bolso. O bandido exigiu que ele descesse do carro, e ao sair o taxista levantou os braços, com medo. “Quando saí com os braços levantados os motoristas que estavam na rua perceberam que eu estava sendo assaltado. Um taxista de Guarulhos, que estava logo atrás, me ajudou, chamou a polícia e circulou comigo por várias ruas para tentar localizar meu carro”, lembrou Antonio Carlos.
Durante esse percurso feito pelos taxistas a polícia localizou o carro roubado, que foi recuperado na entrada de uma favela de Guarulhos apenas com um pneu estourado. “A polícia foi muito eficiente porque foi rápida para encontrar meu veículo. E agradeço imensamente o taxista de Guarulhos que me auxiliou, Hamilton Rodrigues: ele ficou comigo todo o tempo e me ajudou nesse momento de aflição”.
O assaltante foi preso ainda dentro do carro, e falou na delegacia informalmente que já havia cometido o mesmo tipo de crime com outros taxistas. “Segundo os comentários eu fui a sexta vítima desse criminoso, e apenas o meu carro e mais um foi recuperado. Por isso o delegado da 1ª Delegacia de Guarulhos disse que é importante que as vítimas façam o reconhecimento para que a pena dele aumente, e ele não volte para as ruas tão cedo”, finalizou o taxista.

 

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 34 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital