Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Só faça inventário de taxista com advogados especializados

Erros em inventários podem levar à perda definitiva do alvará

 

778inventarioOptar por fazer inventário de taxista com advogados que não são especializados na categoria pode ser sinônimo de grandes prejuízos. Isso porque erros em inventários podem levar à perda definitiva do alvará, e a correção de documentos é um procedimento que leva tempo e dinheiro.


Após o falecimento do titular do alvará, a família tem 30 dias para indicar um segundo condutor, com Condutax, ao DTP (Departamento de Transportes Públicos). Depois deste prazo é exigido o inventário, que leva tempo para ser finalizado.


De acordo com a lei 7.329, a transferência de alvará deve ser feita em até três anos; após esse período o alvará entra em processo de caducidade. Para antecipar a transferência o advogado, após dar entrada no inventário, pode solicitar ao juiz um alvará judicial.


Procure o departamento jurídico da Coopetasp: nossos advogados são especializados em inventários de taxistas, em fórum ou cartório. O atendimento é realizado para sócios e não sócios, somente com hora marcada.

 

Rua Napoleão de Barros 20 - Vila Mariana
Telefone: 2081-1015

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 49 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital