Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Tarifa de GNV fica entre 5% e 7% mais barata no Grande Rio

Petrobras consegue derrubar custo de produção do combustível no RJ


A Ceg e a Ceg Rio informam que a partir de 10 de maio as tarifas de gás natural ficarão mais baratas. Com a redução do custo de aquisição do gás natural fornecido pela Petrobras, a companhia resolveu repassar o desconto para o consumidor. O resultado é que o motorista que usa o GNV terá desconto de 4,93%.


No Rio de Janeiro, mais de um milhão de veículos utilizam GNV. Entre os taxistas, 99% da frota está equipada com cilindros de gás natural. Com o aumento do preço dos combustíveis líquidos, a procura por conversões cresce em todo o Estado.


Mas não só os motoristas serão beneficiados com a redução. Segundo as companhias, as novas tarifas vão beneficiar 930 mil residências, comércios e indústrias que usam de gás canalizado. A redução na tarifa varia de acordo com a região, mercado e perfil de consumo.


Na Ceg, responsável pela distribuição de gás para 874 mil consumidores na região metropolitana do Rio, a redução será de -2,65% para clientes residenciais com consumo médio de até 7 m3/mês. Para comércios com consumo médio de 400m³/mês e de 2.000m³/mês a queda será de, respectivamente, -2,77% e -2,87%. Para indústrias com consumo médio de 50.000 m³/mês a redução será de -3,13%, para consumos médios de 300.000 m³/mês será de –3,69% e para consumos médios de 3.000.000 m³/mês será de -4,43%. Para os postos de GNV localizados na região metropolitana do Rio, a redução na tarifa para o posto será de -4,93%.


Na Ceg Rio, responsável pela distribuição de gás para 56 mil consumidores no interior do Estado, a redução será de -2,59% para quem consome em média 7 m3/mês. Para comércios com consumo médio de 400m³/mês e de 2.000m³/mês o impacto será de, respectivamente, -3,12% e -3,73%. Para indústrias com consumo médio de 50.000 m³/mês a redução será de -4,62%, para consumos médios de 300.000 m³/mês será de –5,37% e para consumos médios de 3.000.000 m³/mês será de -6,30%. Para os postos de GNV será de -6,64%.

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 53 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital