Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Veja o quanto você paga de imposto de alguns produtos

É bom você ficar informado sobre o quanto paga de impostos pelos produtos que consome. Uma nova lei obriga as empresas a informarem ao consumidor o quanto ele paga de impostos por cada produto. Antes, essas informações eram ocultas, o cliente comprava e nem ficava sabendo disso.  

Todos os produtos que entram em sua casa têm sua carga de imposto: vestuário, sapato, alimentação, bem durável, por aí vai. Quando você vende uma casa paga imposto ao governo, prefeitura, inventário, exumação dos ossos gera um imposto para toda a vida aos familiares. Até o caixão para o sepultamento são pagos vários impostos. Onde vamos parar com toda esta roubalheira oficializada?

Este é um dos motivos pelos quais a China está tomando conta do mundo, mesmo seus produtos sendo legalizados no Brasil, ainda fica bem mais barato que os produzidos aqui. Tudo o que os governos tem feito em nosso país está servindo para, cada vez mais, criar sangria nas empresas, que são as fontes de emprego de nosso país.

Os deputados deram um passa a frente, votaram o projeto que acaba com a multa de 10% do FGTS, quando ocorre a dispensa de funcionário. Esse valor era destinado ao governo e oi criado no governo do PT Lula. Para o país crescer e gerar emprego precisam ser revistos todos os impostos de cada produto. Com um imposto baixo, deixa de existir a sonegação e o governo passa a arrecadar mais, e  certamente, destinar melhores condições de vida para o seu povo.   

Muitas empresas brasileiras para continuarem no mercado têm montado novas instalações na China e outros países para poder competir. Por exemplo:   refrigerante 20,11%, água e suco 32,04%, cerveja 36,58%, cerveja importada 46,53%, energéticos 32,04%, bebidas alimentares em bar a base de soja, leite e cacau 20,11%, néctares frutas, 20,11%, alimentação para atividade física 32,04%, whisky 62,57%, vodca 62,57%, vinhos 35,60%, bebida alcoólica - aguardente 35,60%, bebida alcoólica sup. 50% 62,57%, champanhe 50,87%, composto líquido pronto para consumo 43,93%, restaurante self 32,09%, café da manhã 32,09%. carro OK 38,78% e por aí vai a roubalheira rodando o país.

É muito imposto que pagamos para nada ter em troca, no mínimo a saúde e a educação em todas as capitais brasileiras e municípios deveriam ser de qualidade. É sim de qualidade péssima. Orientou Salomão Pereira.   

 

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 40 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital