Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Crescente índice de assaltos preocupa taxistas em São José dos Campos

Atormentados com o elevado índice de assaltos ocorridos nos últimos meses, taxistas de São José dos Campos, interior de São Paulo, trabalham com medo. Em cinco meses, 65 profissionais foram vítimas de assalto na cidade, segundo levantamento do sindicato da categoria. O número deste ano representa 89,04% de todos os casos – 73 vítimas - registrados em 2012.

Para o taxista João Carlos Silva, os profissionais estão com medo de trabalhar e serem assaltados. Há três meses, o permissionário foi vítima de criminosos durante uma corrida até a Zona Leste.

Silva foi assaltado por um casal. “Eles eram simpáticos, nem passou pela minha cabeça que aquilo poderia ser um assalto. Quando chegamos perto do bairro, o homem tirou a arma. Eles levaram R$ 250, o rádio do táxi, meu relógio e dois celulares”, relata o taxista que mesmo com medo precisou voltar ao trabalho.

Segundo Carlos Avelar, presidente do Sindicato dos Taxistas do Vale do Paraíba, os motoristas recusam algumas corridas com medo de serem alvos de criminosos. Ele ressaltou que, a categoria já recebeu orientações da Polícia Militar sobre a importância de se fazer o boletim de ocorrência, mas nem todas as vítimas procuram uma delegacia, por conta da demora no atendimento.

Neste ano, de acordo com dados da Polícia Civil, foram registradas quatro ocorrências de assalto. Para o delegado da Seccional de São José dos Campos, Álvaro Sá de Toledo, a dificuldade da polícia está justamente em não se ter os registros dos boletins de ocorrência. “O boletim ajuda na investigação”, afirmou.

Último caso

Em 11 de junho, um adolescente e um homem foram detidos após assaltarem um taxista em São José dos Campos. De acordo com a Polícia Militar, a dupla abordou o motorista no ponto do Parque Santos Dumont e durante a viagem, anunciou o roubo e rendeu a vítima.

Os criminosos pegaram R$ 142 em dinheiro e um celular, mas nas proximidades do bairro Jardim Augusta havia uma patrulha da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) da Polícia Militar e o taxista ao ver os policiais jogou o carro contra as motocicletas. A PM fez a abordagem, deteve os dois assaltantes e recuperou o material roubado. (Texto extraído do portal de notícias G1).

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 39 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital