Folha do Motorista SP
Edição online | Edições em PDF
Folha do Motorista RJ
Edição online | Edições em PDF

Veículos particulares atuam como táxi em hipermercado na zona leste

Perante a dificuldade em conseguir espaço para trabalhar, muitos taxistas acabam se virando como podem e, conseqüentemente, desagradando outros profissionais do ramo. Neste caso, os motoristas do Ponto 2216, instalado nas proximidades do Carrefour Anália Franco, estão insatisfeitos com a ação de seis veículos clandestinos atuando livremente dentro do hipermercado.

O conflito teve início quando o Carrefour encerrou a parceria de entregas em domicílio firmada com os taxistas. “Nós oferecíamos uma bonificação de R$ 8 para os clientes e esse valor era ressarcido pelo hipermercado. Com o passar do tempo, esse desconto foi reduzido até que um dia a administração acabou com o subsídio, pois contratariam vans para o serviço de entrega”, relata Vagner Cardozo Dias, que há dois anos  coordena o Ponto 2216.

De acordo com Dias, há cerca de quatro meses, ao invés de vans, o Carrefour contratou veículos particulares, sem qualquer controle por parte da prefeitura  para realizar o serviço de entrega. “Esses carros estão exercendo irregularmente a função de táxis e atrapalhando nosso trabalho. Estamos sofrendo muito com isso. Afinal, nós pagamos as taxas públicas, fazemos nossa parte, enquanto nenhum desses carros possui cadastro ou autorização do órgão municipal para transportar passageiro”, desabafa.  

Inconformado, Dias procurou o Departamento de Transportes Públicos (DTP) para formalizar a denúncia dos veículos irregulares. Os agentes foram até o local e apreenderam um dos carros, que foi liberado após o pagamento de pequenas taxas e multas. “Quero agradecer e elogiar o trabalho dos fiscais de trânsito, mas é necessário mais atuação”, avalia o coordenador.

Dias recrimina a ação dos clandestinos alegando estar em dia com a documentação, vistoria e impostos para exercer a função. “Para trabalhar como taxista realizei um curso de uma semana e apresentei cadastro civil criminal. Arco com todas as despesas de manutenção do veículo, renovação de alvará aunalmente. Agora, acho errado alguém sem nenhum credenciamento atuar como taxista. Quem são essas pessoas que estão transportando os clientes do Carrefour, qual o histórico delas? Acho que nem o diretor do hipermercado sabe”, alerta.

Até maio deste ano, em São Paulo, foram apreendidos 139 veículos clandestinos, segundo informações do Departamento de Transportes Públicos (DTP). Diariamente, 105 agentes técnicos trabalham para coibir a ação de veículos clandestinos.  
Os veículos irregulares de transporte de passageiro são desprovidos de taxímetro e tabela de preço. O condutor define, como bem entende, o valor da corrida. Além disso, a prática desse tipo de transporte é irregular e causa inúmeros prejuízos aos taxistas regulamentados.

Em resposta às denúncias sobre a utilização de táxis clandestinos o Carrefour esclarece que “sua unidade Anália Franco não mantém parceira com empresas de táxi ou companhias que ofereçam transporte aos clientes, que têm total autonomia para utilizarem os serviços que considerarem mais adequados. A loja oferece aos consumidores o serviço de entrega em domicílio no endereço indicado, após pagamento de taxa”.

A Folha do motorista descobriu, porém, que os Hipermercados Carrefour Casa Verde, Freguesia e Pirituba também contam com a atuação de motoristas clandestinos, que oferecem seus serviços dentro do próprio estabelecimento.

Denúncia

Para denunciar esse tipo de prática é necessário anotar a numeração de matrícula nas laterais do carro ou a placa do veículo, data/hora, local da infração e entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) do DTP pelos telefones (11) 2692-3302, (11) 2291-5416 e (11) 2692-4094, por e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pessoalmente no órgão, situado na Rua Joaquim Carlos nº 655, Pari (atendimento de 2ª a 6ª feira, das 8h às 18h). As denúncias também podem ser feitas por meio do telefone 156.

 

Curta a Folha do Motorista

Visitantes online

Temos 64 visitantes e Nenhum membro online

Links Interessantes: Coruja Feed  | Agência Igloo Digital